» » » Sport afunda Figueirense e persegue líderes na Série B

Norberto fez um dos gols do SportFoto: Cristiano Andujar/Futura Press/Folhapress                                             
Para espantar a fama de "levanta defunto", o Sport ampliou a crise no Figueirense ao vencer por 2x1, neste domingo (15), no Orlando Scarpelli. Com a vitória, o Leão chegou aos 38 pontos e permanece em terceiro lugar com a mesma pontuação do vice-líder Atlético/GO, mas levando a pior nos critérios de desempate. O triunfo também deu uma "gordura" maior para os leoninos na classificação geral, já que abriram cinco pontos de distância do quinto colocado. Como cereja do bolo, os rubro-negros completaram sete jogos de invencibilidade nesta Série B.
Dentro de campo, o que se viu foi um jogo equilibrado na primeira etapa. Conseguindo repetir uma escalação depois de 14 rodadas, o treinador Guto Ferreira aproveitou pouco essa sequência. Isso porque Hyuri teve que deixar o gramado, aos 27 minutos, com uma lesão na coxa direita, e João Igor aos 38 minutos também deixou o gramado após um choque com Zé Antônio. E as primeiras chances da partida foram do Figueirense. Com um minuto de bola rolando, Betinho arriscou de fora e o chute foi fraco, mas Mailson se atrapalhou e quase tomou um frangaço, com a bola pegando na trave e correndo pela linha. Aos dez minutos, William Popp aproveitou cruzamento e mandou na trave.
A resposta leonina foi mortal e em forma de pintura. Em triangulação rápida aos 15 minutos, Hyuri deu lindo passe de calcanhar e Hernane Brocador chegou batendo, com categoria: 1x0. Sem muita qualidade, os mandantes tentavam o empate, mas em jogadas esporádicas. Numa delas, Hyuri Mamute errou a cabeçada. No fim, o Leão quase conseguiu ampliar, mas a cabeçada de Leandrinho parou na marcação.
Na segunda etapa, o jogo se manteve equilibrado. No caso do Sport, a marcação ficou ainda mais ajustada. E conseguindo controlar o adversário, os rubro-negros também souberam o momento exato de dar a mordida fatal. Aos 16 minutos, o estreante Marcinho fez bela jogada na linha de fundo e cruzou voltando para Norberto cabecear com estilo e sem chance para o goleiro: 2x0. A fase do Figueirense é tão ruim que até quando tudo parece que vai dar certo, algo sai errado. Aos 17 minutos, Betinho chutou forte e a bola explodiu no travessão. Na volta, o mesmo Betinho arriscou e Mailson fez grande defesa. No final, Andrigo arriscou e Mailson tomou um frango, mas acabou assim. 

Ficha técnica

Figueirense 1
Matheus Vidotto; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Héliton; Zé Antônio (Patrick), Betinho (Andrigo) e Tony; Robertinho, Willian Popp e Yuri Mamute (Matheus Lucas). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Sport 2
Mailson; Norberto, Adryelson, Rafael Thyere e Sander; João Igor (Marcão), Charles, Hyuri (Marcinho), Leandrinho e Guilherme; Hernane Brocador (Élton). Técnico: Guto Ferreira.

Local: Orlando Scarpelli (em Florianópolis). Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA). Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Bárbara Roberta da Costa Loiola (ambos do PA). Gols: Hernane Brocador (aos 15 do 1ºT). Norberto (aos 15 do 2ºT) e Andrigo (aos 44 do 2ºT). Cartões amarelos: Betinho e William Popp (Figueira). Norberto e Leandrinho (Sport). Público e renda: não divulgados.


Postado por Júnior Silva em Limoeiro/PE em segunda 16/ Setembro de 2019

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga