» » » Santa consegue empatar no fim, mas segue fora do G-4

Santa Cruz x Botafogo/PB no Arruda, pela Série CFoto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco                                                   
Empates alcançados no último minuto geralmente são comemorados como vitórias. Não foi o caso do Santa Cruz na noite deste domingo (14). No Arruda, o Tricolor tomou um gol aos 44 minutos do segundo tempo e conseguiu igualar o placar no último lance, empatou por 1x1 com o Botafogo/PB. Apesar de evitar uma nova derrota, o resultado não foi bom para a Cobra Coral. Afinal, o time chegou a três jogos sem vencer pela Série C e está em sexto lugar do Grupo A, com 17 pontos.
O Santa Cruz sabia que não teria vida fácil em sua missão de voltar a vencer pela competição. Muito por conta do gramado, que ficou prejudicado pela forte chuva que caiu no Recife horas antes da partida. Assim, não havia muitas oportunidades de construir jogadas através de troca de passes pelo chão. O jeito era tentar chutes de média e longa distância ou lançamentos por cima da defesa. E ambos os lados apostaram nessa estratégia para driblar as dificuldades no campo.
Logo aos três minutos Pipico obrigou Saulo a fazer ótima defesa ao chutar de longe. O Botafogo respondeu com perigo. Enercino bateu lateral na área adversária e Nando desviou de cabeça. Cesinha apareceu para afastar. Aos 17, a primeira grande chance de gol. Após uma série de erros em trocas de passe, a bola sobrou para Dudu, que mandou bonito para Pipico, por cima da defesa. O centroavante bateu rasteiro e Saulo, com a perna, fez uma grande defesa para os visitantes. 
Aos 29 minutos, foi a vez de Marcos Aurélio exigir grande defesa de Anderson. O meia bateu falta de longe e com força. O goleiro tricolor espalmou, evitando o gol. No começo do segundo tempo, o Botafogo/PB já voltou assustando. O mesmo Marcos Aurélio bateu escanteio e Nando, sem sair do chão, cabeceou. Anderson saltou para salvar novamente. Dudu respondeu com um chute de fora da área. O tiro resvalou na defesa, mas acabou saindo pela linha de fundo.
Depois, após cruzamento, a bola resvalou na mão de Enercino. Os tricolores pediram pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Já no fim, aos 44 minutos, em rápido contra-ataque, Kelvin arrancou pela direita, entrou na área e bateu. A bola desviou em João Victor, tocou no travessão e entrou. Já aos 49 minutos, no último lance, Charles mandou um foguete do meio da rua em cobrança de falta. Golaço tricolor, que evitou o que seria a terceira derrota consecutiva da equipe.

FICHA TÉCNICA:

Santa Cruz 1

Anderson; Marcos Martins, João Victor, Danny Morais e Cesinha; Charles, Kadu e Daniel Costa (Jaílson); Augusto (Misael), Dudu (Warley) e Pipico. Técnico: Milton Mendes

Botafogo/PB 1
Saulo; Itaqui (Neílson), Lula, Fred e Enercino; Rogério, Serginho (Kelvin), Marcos Vinícius (Juninho), Clayton e Marcos Aurélio; Nando. Técnico: Evaristo Piza

Local: Arruda (Recife/PE)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ). Assistentes: Carlos Henrique Cardoso de Souza e Daniel de Oliveira Alves Pereira (ambos do RJ)
Gols: Kelvin, aos 44 minutos do 2ºT. Charles, aos 49 minutos do 2ºT.
Cartões amarelos: Kadu, Augusto, Charles (S); Itaqui, Kelvin (B)
Público: 6.971 Renda:R$ 55.498,00


Postado por Júnior Silva em Limoeiro/PE em domino 14 / julho de 2019

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga