» » » Náutico vence e volta ao G4 do Grupo A da Série C

Rafael Oliveira, atacante do NáuticoFoto: Ed Machado / Folha de Pernambuco                                              
Enfim, duas vitórias consecutivas. Enfim, volta ao G4. No sufoco, o Náutico venceu o Treze por 1x0, nos Aflitos, neste domingo (21), pela 13ª rodada do Grupo A da Série C 2019. Rafael Oliveira saiu do banco para ser o herói da partida e colocar os pernambucanos na quarta posição, com 21 pontos. O próximo compromisso do Timbu também será em casa, sexta, perante o Confiança.
Sem Matheus Carvalho, suspenso, o técnico Gilmar Dal Pozzo promoveu a estreia de Paulinho, improvisado no meio-campo. A outra novidade foi o retorno de Josa na equipe, no lugar de Danilo Pires. O reforço na cabeça de área ajudou a conter a formação ofensiva do Treze, montado com três atacantes. Bismarck foi acionado e Marcelinho Paraíba ficou no banco de reservas.
Jefferson Nem foi o personagem do Náutico no primeiro tempo. O jogador mais acionado, que teve nos pés as três melhores oportunidades de abrir o placar para os alvirrubros. O nome mais falado pela torcida e por narradores. Poderiam ser 45 minutos de uma exibição primorosa, daquelas para ratificar o espaço no time titular. As vaias ao atacante, contudo, sinalizam o oposto. 
Com menos de um minuto, Nem saiu na cara do gol e bateu fraco nas mãos de Mauro. Depois, teve a frieza para limpar o marcador na área, mas o chute foi para fora. Na chance seguinte, o atacante recebeu passe perfeito de Thiago. Novamente de frente para o gol, o prata da casa tocou em cima do camisa 1 do Treze. 
Com as entradas de Neto e Jean Carlos, o Náutico sufocou o Treze na etapa final. Mas foi outra substituição que mudou a cara da partida. O centroavante Rafael Oliveira foi colocado na vaga de Wallace Pernambucano. Aos 34, ele tirou o grito de gol da garganta dos alvirrubros. Willian Simões cruzou na medida e o atacante cabeceou no contrapé do goleiro para fazer 1x0.
Melhor jogador da partida, Thiago foi o responsável por tranquilizar ainda mais a torcida. Em lance individual, o atacante foi derrubado por Edy. O lateral do time paraibano já tinha cartão amarelo e recebeu o segundo, sendo expulso e acabando com qualquer possibilidade de reação dos visitantes.

Ficha técnica

Náutico 1


Jefferson, Hereda, Diego Silva, Camutanga e Willian Simões; Josa, Jiménez e Paulinho (Neto Pessoa); Thiago, Jefferson Nem (Jean Carlos) e Wallace Pernambucano (Rafael Oliveira). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Treze 0 

Mauro Iguatu; Edy, Adriano Alves, Anderson Pena (Victor) e Silva; Robson, Diego , Bismarck (Pacato) e Cesinha (Thiaguinho); Vanger e Eduardo. Técnico: Luizinho Lopes

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL). Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (ambos de AL).
Gols: Rafael Oliveira (aos 34 do 2ºT)
Cartões amarelos: Willian Simões (N); Bismarck, Edy, Anderson, Victor, Robson (T)
Público: 9.687 torcedores
Renda: R$ 149.567,00




Postado por Júnior Silva em Limoeiro/PE em domingo 21 / julho de 2019

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga