» » » Professor e Pesquisador Felix Omidire da Nigéria em visita a Limoeiro


Professor Titular I de estudos literários, étnico raciais e culturais luso-afro-brasileiros e afro-latino-americanos na Universidade Obafemi Awolowo, Ile-Ife, Nigéria. Doutor em estudos literários, étnicos e culturais afro-brasileiros e iorubá-africanos pela Universidade Federal da Bahia (2005). Atualmente, é professor titular de língua portuguesa e estudos literário, culturais e étnico afro-brasileiros na Obafemi Awolowo University, Ile-Ife.

Pós-doutorado na Humboldt Universität zu Berlin, Alemanha, atualmente coordena o grupo de pesquisas sobre Afro-Identidades na Diáspora Iorubana de Brasil, Cuba, Trinidade e Tobago, Venezuela, Puerto Rico e EUA. Desde 2017, é pesquisador-colaborador internacional do grupo de pesquisa Rasuras do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, autor de 7 livros publicados, 2 livros editados, 23 capítulos em livros, 16 artigos publicados em revistas, 3 resenhas de livros, vários poemas e 2 antologias de contos (inéditos) assim como de um CD de cantos para contos-cantados em língua iorubana. 
Receber à visita deste grande pesquisador foi um marco na região, visitou a Comunidade Quilombola de Brejinhos onde interagiu com os alunos, numa contação de história sobre um grande caçador, revelando no final a moral da história onde os diálogos entre diferentes é imprescindível a existência humana, a Escola Heliodoro Gonçalves de Arruda este ano completa 60 anos de existência e esta visita faz parte das comemorações, além de revelar uma parceria com a GRE Vale do Capibaribe.
A Tarde, fez uma visita no Espaço Plataforma Itinerante, onde reencontrou o amigo Marcos Mendes que conheceu recentemente em Salvador. Logo em seguida o Professor OMIDIRE esteve numa roda de diálogos com Professores da GRE, pesquisadores, funcionários e representantes das religiões Afro indígenas, cuja à temática, foi uma importante reflexão sobre as Relações do Brasil/África desde a diáspora aos novos paradigmas contemporâneos.


Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), sexta, novembro 09/2018 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga