» » » Náutico perde na Bahia e segue na zona do rebaixamento

Juazeirense x NáuticoFoto: Leo Lemos/Náutico                                                                                     
Precisando vencer para melhorar de condição na Série C, o Náutico visitou a Juazeirense, neste sábado (19), mas acabou sofrendo mais um revés do Brasileiro. Com gols de Jussimar e Vítor Sapo, ambos no primeiro tempo, a Juazeirense venceu por 2x0. Com o resultado, o Náutico segue somando quatro pontos, na nona posição, enquanto o time baiano foi aos nove e, temporariamente, entrou no G4 do Grupo A - aguardando complemento da sexta rodada. Na próxima rodada, domingo (27), o Timbu recebe o Globo/RN, na Arena de Pernambuco. Já a Juazeirense visita o Salgueiro, atual lanterna da chave, no sábado (18). Em uma tarde pouco inspirada, o Náutico viu os baianos dominarem a partida. Os 15 minutos iniciais foram dominados pela Juazeirense, que, para não gastar todo o fôlego no primeiro tempo, diminuiu o ritmo depois disso e priorizou a qualidade nos contra-ataques rápidos. Era o momento de o Timbu crescer, mas o time não conseguiu construir boas jogadas no setor ofensivo e acabou vendo os donos da casa abrirem o placar aos 23 minutos. Após cobrança de falta de Juninho Tardelli, Vítor Sapo escorou de cabeça, a bola sobrou na área alvirrubra e Jussimar colocou no fundo das redes. Com muita dificuldade na criação, o time pernambucano não apresentava evolução na partida, enquanto a Juazeirense seguia investindo nas jogadas pelas laterais do campo e cruzamentos na área. Em mais uma descida rápida dessas, Carlinhos cruzou, Luiz Henrique falhou ao tentar cortar e, mesmo com outros dois jogadores do Náutico na área, a bola chegou em Vítor Sapo, que ampliou aos 43. No segundo tempo, Dudu Capixaba tentou mexer no time, que se mostrou mais solto na partida. Contudo, a fragilidade ofensiva ficou evidenciada pelas fracas finalizações, principalmente de Dudu e Lelê. A Juazeirense manteve a postura de buscar o jogo e, em diversas oportunidades, teve a chance de fazer o terceiro gol. Quem salvou o Náutico, em pelo menos três lances, foi o goleiro Bruno. "A gente tem que mudar essa postura para sair dessa situação", disse o defensor. "Está na cara que a gente tem que corrigir muitas coisas", emendou Ortigoza. 

Ficha do jogo 
Juazeirense 2
Bruno Neri, Carlinhos, Júnior Gaúcho, Eron e Deca; Wagner, Patrick (Capone), Juninho Tardelli e Vítor Sapo; Toni Galego e Jussimar.
Técnico: Ailton Silva 

Náutico 0
Bruno; Luiz Henrique, Camutanga, Negretti e Tiago Costa; Jhonnatan, Jobson (Régis), Dudu (Tharcysio) e Robinho (Rafael Assis); Lelê e Ortigoza.
Técnico: Dudu Capixaba

Local: Adauto Moraes (Juazeiro/BA) 
Árbitro: Joao Batista de Arruda (RJ) 
Assistentes: Joao Luiz Coelho de Albuquerque e Gabriel Conti Viana (ambos do RJ) Gols: Jussimar (aos 23 do 1ºT) e Vítor Sapo (aos 43 do 1ºT) 
Cartões amarelos: Wagner (Juazeirense), Jobson, Robinho, Ortigoza e Lelê (Náutico)
Público: 947 torcedores


Renda: R$ 15.400

Fonte Folha de Pernambuco
Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), domingo, maio 20/2018 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga