» » » Em jogo de duas viradas, Santa Cruz perde no Arruda

Santa Cruz x Botafogo/PBFoto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco                                                  
Tentando manter a invencibilidade na temporada jogando dentro de casa, o Santa Cruz recebeu o Botafogo/PB na noite deste sábado (19), no Arruda e acabou conhecendo sua primeira derrota como mandante e, de quebra, o primeiro revés na Série C. Em jogo de duas viradas, o Tricolor jogou bem, mas viu o time paraibano fazer 3x2 na capital pernambucana. Os gols do jogo foram marcados por Carlinhos Paraíba e Robinho para os corais, e Mazinho, Dico e Nando para os visitantes.
O confronto começou com as duas equipes se estudando bastante, sem assustar as metas defendidas por Tiago e Saulo. Porém, o Tricolor começou a dominar as ações do jogo e na metade da etapa inicial, Robinho acertou a trave do arqueiro paraibano em chute cruzado. A resposta dos visitantes veio em cobrança de falta de Marcos Aurélio, que obrigou Machowski a fazer grande defesa. No lance seguinte, Allan Dias fez boa infiltração pela esquerda e tocou para Mazinho abrir o marcador, aos 34. O Santa Cruz sentiu o golpe, mas logo acordou para buscar a igualdade. Com Ávila bastante acionado, foi de uma cobrança de falta sobre o lateral que saiu o gol de empate. Nos acréscimos, Carlinhos Paraíba soltou a bomba da entrada da área e deu ânimo para os donos da casa. O empate empolgou o Santa Cruz, que na volta do intervalo seguiu com a tônica de pressionar o Botafogo, e aos 12 minutos a insistência surtiu efeito. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Robinho, fora da área. O camisa 11 dominou e bateu cruzado de três dedos para virar o placar, fazendo a festa dos torcedores que compareceram em bom número ao Arruda. Foi o sexto gol de Robinho na temporada. Artilheiro do Tricolor no ano. Com a vantagem no placar, a Cobra Coral continuou indo pro ataque, principalmente com Ávila, principal válvula de escape da equipe. Em dois cruzamentos do lateral, por pouco o Santa não chegou ao terceiro. Primeiro com Arthur Rezende e em seguida com Pitbull – que entrou no lugar de Robert. O castigo veio na sequência com dois atletas do Belo que saíram do banco. Aos 27, depois de chute de Marcos Aurélio, Tiago deu rebote e Dico cabeceou para as redes, deixando tudo igual. Onze minutos mais tarde, quando os pernambucanos buscavam a reação, Sandoval foi afastar a bola e jogou no pé de Nando. O atleta do Botafogo bateu de primeira, cruzado, sem chance para Machowski. Balde de água fria nos tricolores presentes no Arruda, que reconheceu o esforço da equipe, aplaudindo os jogadores ao término do duelo. Com o resultado, o Santa Cruz caiu para a 5ª posição, sendo ultrapassado pelo time paraibano, que chegou aos 10 pontos na tabela de classificação, e pela Juazeirense, que venceu o Náutico no jogo realizado mais cedo.

Ficha do jogo

Santa Cruz 2
Tiago Machowski; Vítor, Augusto Silva, Sandoval e Henrique Ávila; Charles, Carlinhos Paraíba e Arthur Rezende (Maicon); Robinho, Robert (Pitbull) e Geovani. Técnico: PC Gusmão.

Botafogo/PB 3
Saulo; Felipe Cordeiro, Walber, Lula e Carlos Renato; Rogério, Allan Dias, Mazinho (Humberto) e Marcos Aurélio; Mário (Nando) e Jobinho (Dico).
Técnico: Leston Júnior. 

Local: estádio do Arruda (Recife/PE)
Arbitragem: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
Gols: Carlinhos Paraíba aos 47 do 1T e Robinho 12 do 2T (STA); Mazinho aos 34 do 1T, Dico aos 27 do 2T e Nando aos 38 do 2T (BOT)
Cartão amarelo: Charles (STA); Felipe Cordeiro, Rogério (BOT)
Fonte Folha de Pernambuco
Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), domingo, maio 20/2018

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga