» » Taxa de desemprego em PE no terceiro trimestre de 2017 é a maior do Brasil, diz IBGE

Em Pernambuco, há 734 mil pessoas sem ocupação no terceiro trimestre de 2017 (Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas)                             
Em Pernambuco, a taxa de desemprego no terceiro trimestre de 2017 foi a maior verificada no país. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado superou os 12,4% registrados nacionalmente e atingiu 17,9%, o que corresponde a 734 mil pessoas sem ocupação nos meses de julho, agosto e setembro deste ano.
Em segundo e terceiro lugares, estão os estados do Amazonas, com 16% da população desocupada, e de Alagoas, com 15,9% de desocupados. Se comparado com o trimestre anterior de 2017, o resultado de 17,9% representa uma melhora para Pernambuco, já que a taxa de desocupação entre os meses de abril e junho no estado foi de 18,8%. Em relação ao terceiro trimestre de 2016, no entanto, houve um aumento de 2,6%.
No Recife, a taxa de desocupação do terceiro trimestre de 2017 foi de 14,9%, superando os 14,5% registrados no segundo trimestre e os 14,2% do primeiro trimestre do ano. O percentual registrado entre os meses de julho e setembro também é o mais expressivo dos últimos cinco anos. A taxa de desocupação na capital pernambucana supera, inclusive, os 14,8% do Nordeste, que teve o percentual mais alto entre todas as regiões do país.
Desemprego mais comum entre pretos e pardos

Na esfera nacional, dos 13 milhões de brasileiros desempregados no terceiro trimestre deste ano, 8,3 milhões (63,7%) eram pretos ou pardos, segundo a Pnad Contínua. De acordo com o IBGE, o dado indica que a taxa de desocupação dessa parcela da população ficou em 14,6%, enquanto a da população branca ficou em 9,9%.

Fonte Globo.com
Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), em sábado, novembro 18/2017 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga