» » » Santa Cruz empata com o Ceará e segue em perigo na Série B

Santa Cruz x Ceará (2)Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco                                      
O Santa Cruz chegou a quatro jogos consecutivos sem perder. No entanto, não foi da melhor maneira que o time alcançou essa sequência. O Tricolor não saiu de um 0x0 com o Ceará, nesta noite, no Arruda, pela 26ª rodada da Série B, em jogo marcado pela pontaria risível dos atletas em campo. O resultado deixou a Cobra Coral ainda em situação de risco, na 16ª posição, com 29 pontos. A equipe volta a campo no próximo sábado (30), em um duelo duríssimo: vai encarar o Internacional, líder da competição, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Embora o placar tenha sido nulo, não se pode dizer que faltou emoção na partida. Tanto Santa Cruz quanto Ceará entraram em campo com postura ofensiva, buscando a vitória e deixando espaços para contragolpes. O problema foi o festival de gols perdidos. Logo aos dois minutos de jogo, Thiago Primão perdeu duas grandes chances de abrir o marcador. O Vozão respondia sempre com perigo. Em um lance, Lima deu grande arrancada, entrou na área e finalizou para fora. Enquanto isso, nas arquibancadas, torcedores visitantes entravam em confronto com a polícia.

Os problemas externos não interferiram na dinâmica do confronto. As equipes continuaram atacando a todo o momento, mas esbarravam na própria incompetência na hora de finalizar. O segundo tempo foi quase um espelho do primeiro. A diferença é que mais chances de gol foram criadas. Com três minutos de bola rolando, Lima chegou perto novamente, mas Júlio César salvou o Tricolor. Depois se iniciou uma pressão alvinegra no confronto. Lima chutou, Júlio César deu rebote e Romário mandou para fora, perdendo outra grande oportunidade.

Lima, de novo ele, por pouco não marcou. O meia bateu de fora da área, a bola explodiu na trave, bateu nas costas de Júlio César e saiu. O Santa retrucou em contra-ataque, com Bruno Paulo. Éverson salvou. O jogo voltou a ficar emocionante nos minutos finais. Richardson aproveitou falha de Tiago Costa e levou perigo. Após recuperar a bola, foi a vez de os corais perderem chance incrível, graças a Bruno Paulo. O mesmo Bruno Paulo teve outra boa bola, mas parou em Éverson. No último lance, Arthur partiu livre em direção ao gol e Júlio César evitou o pior.

Ficha técnica:

0 Santa Cruz 
Júlio César; Nininho, Sandro, Anderson Salles,e Tiago Costa; Wellington Cézar, Derley e Thiago Primão (William Barbio); André Luís (Bruno Paulo), Grafite (Ricardo Bueno) e João Paulo. Técnico: Marcelo Martelotte.

0 Ceará
Éverson; Tiago Cametá (Pio), Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Richardson, Pedro Ken, Ricardinho (Felipe Menezes), Lima e Leandro Carvalho; Elton (Arthur). Técnico: Marcelo Chamusca. 

Local: Estádio do Arruda, no Recife. 
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ). Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Carlos Henrique de Lima Filho (ambos do RJ). 
Cartões amarelos: Tiago Cametá, Pio, Elton (C); Derley (SC)
Público: 9.317. Renda: R$ 58.330,00

Fonte Folha de Pernambuco

Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), em quarta, setembro 27/2017

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga