» » » Após cancelar peça, Thammy troca acusações com diretor

Carlos Verahnnay afirma que o ator e sua namorada tentaram extorqui-loFoto: Divulgação           
Após o cancelamento definitivo da peça “Trans”, no último final de semana, Thammy Miranda e o diretor de teatro Carlos Verahnnay trocaram farpas e acusações nas redes sociais. Segundo Verahnnay, o ator e a namorada, Andressa Ferreira, que também fazia parte do elenco da peça, tentaram extorqui-lo e não levaram o trabalho a sério, faltando a ensaios e suspendendo apresentações. O diretor afirma, também, que Thammy negociou um patrocínio e nunca repassou a verba.
A situação, somado ao baixo público do espetáculo, de cerca de 20 pessoas por sessão, levou à falta do pagamento de parte da equipe. “Estou devendo, sim, a algumas pessoas, como cenário, figurino e trilha sonora (...) Ele diz que eu embolsei o dinheiro do borderô. É uma mentira. Coloquei todo o dinheiro inicial nesse espetáculo. Dei tudo o que Thammy pediu. E eles abortaram o espetáculo. Rasgaram o banner na porta do teatro”, afirma Verahnnay em vídeo publicado em seu Facebook.
Já Thammy afirma, em vídeo publicado no canal de Gretchen no YouTube, que usou o patrocínio recebido para pagar os funcionários do teatro que não estavam recebendo. Segundo o ator, toda a equipe vai entrar com uma ação contra o diretor. “Ele denegriu minha imagem. Foram várias mentiras desde que a peça estreou. Não sou só eu e a Andressa que tivemos problemas com ele, foi toda a equipe (...) A peça não foi cancelada por falta de público, mas sim por falta de coragem do Carlos. O restante vai ser provado na justiça”, diz. Thammy acusa o diretor, também, de embolsar R$ 6 mil pela apresentação da peça na Mostra de Tiradentes. 
Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), segunda, junho 19/2017

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga