» » » Apático, Sport perde e entra na zona de rebaixamento

Luxemburgo   Foto: Paullo Allmeida/ Folha de Pernambuco                                
Na calculadora do torcedor do Sport, seis pontos seriam somados nessas duas últimas rodadas do Brasileirão. já que time atuou em casa. Porém, após o empate contra o São Paulo, o time fez mais feio ainda e foi derrotado pelo Vitória neste domingo (18), por 3x1, na Ilha do Retiro. Com o revés para os baianos, o Rubro-negro da Praça da Bandeira entrou na zona de rebaixamento, na 17ª colocação. com oito pontos conquistados. Já o Leão da Barra fez o caminho inverso, saindo da área de degola, tendo os mesmos pontos que o adversário, mas levando a melhor no saldo de gols. 

Quanto ao jogo, nem mesmo o fato de atuar como mandante fez o Sport tomar as rédeas da partida. Com três volantes, a função de armador central ficou com Rithely, com Diego Souza aberto no lado esquerdo. Na prática, o esquema não funcionou. Além do costumeiro show de passes errados, o time pernambucano tinha uma postura burocrática, sem brilho e com pouca objetividade. O Vitória tinha um jogo confortável, saindo em vários contra-ataques gerados justamente pelos equívocos na troca de passe do adversário. E a primeira chance não demorou a vir, com Geferson batendo da entrada da área com perigo com apenas dois minutos de bola rolando.Melhor em campo, os baianos abriram o placar aos 17 minutos. Em falha grotesca de Durval, Kanu tocou para Uilliam Corrêa só empurrar para o fundo do gol. Sem reação, o Sport deu apenas um chute a gol durante quase todo o primeiro tempo. Sem conseguir agredir, os mandantes tomaram outro forte golpe, aos 37, quando Kanu aproveitou cruzamento para bater sem chance para Magrão. O único suspiro pernambucano veio já no final do primeiro tempo, com Diego Souza diminuindo a vantagem.

Na segunda etapa, Luxemburgo tirou Fabrício e colocou Thomás. A alteração não surtiu efeito e o Sport continuou sem criar. A melhor chance veio aos 16 minutos, com André escorando cruzamento para fora. Aos 33, veio o golpe de misericórdia, com Cleiton Xavier tocando rasteiro para André Lima apenas escorar e decretar o placar final.

SPORT 1 
Magrão; Samuel Xavier, Durval, Ronaldo Alves e Sander (Marquinhos); Fabrício (Thomás), Patrick, Rithely e Diego Souza; Osvaldo e André (Leandro Pereira). Técnico: Vanderlei Luxemburgo
VITÓRIA 3
Fernando Miguel; Leandro Salino, Kanu, Fred e Gefferson; Willian Farias, Uillian Correia (Renê), Patric e Yago (Claiton Xavier); Neilton (André Lima) e David. Técnico: Alexandre Gallo.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO). Auxiliares: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos GO). Gol: Uilliam Corrêa (aos 16 do 1ºT) Kanu (aos 37 do 1ºT) e Diego Souza (aos 45 do 1ºT). André Lima (aos 33 do 2ºT). Público: 7.135. Renda: R$ 139.015,00

Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), domingo, junho 18/2017

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga