» » » Sem Messi, Argentina é derrotada pela Bolívia nas eliminatórias

Jogo da Bolívia contra a Argentina nesta terça-feira (28)   Foto: JORGE BERNAL / AFP       
Uma ambiciosa Bolívia venceu nesta terça-feira (28) por 2 a 0 a Argentina, enfraquecida pela ausência de Lionel Messi, suspenso por quatro rodadas por ofensas a um auxiliar de arbitragem.

Com o resultado, a Argentina segue com 22 pontos, na 3ª colocação provisória, mas poderá perder posições para os diversos perseguidores, que entram em campo ainda nesta terça. A Bolívia continua na penúltima colocação, com apenas 10 pontos.

Como era de se esperar, a Bolívia, aproveitou a altitude de La Paz para iniciar a partida pressionando uma Argentina repleta de desfalques e que entrou em campo com apenas três jogadores que foram titulares na última quinta-feira, na vitória sobre o Chile (1-0): O goleiro Sergio Romero, o lateral Marcos Rojo e o meia-atacante Angel Di Maria.

Após Romero segurar o ímpeto boliviano nos primeiros 20 minutos de jogo, fazendo boas defesas em finalizações de Marcelo Moreno e Juan Carlos Arce, a Argentina conseguiu colocar a bola no chão e controlar a posse de bola.

Aos 28, os argentinos chegaram com muito perigo. Di Maria recebeu de Pratto na cara do gol, mas desperdiçou a chance, chutando em cima do goleiro Lampe.

A resposta boliviana veio logo em seguida.

No ataque que seguiu, Pablo Escobar cruzou a bola na área, Romero demorou para sair e Arce, ex-Corinthians e Sport, apareceu para desviar de cabeça paras as redes.

No segundo tempo, a Argentina se mostrou mais ofensiva e decidida a agredir a defesa boliviana, mas sem Messi, não conseguia criar chances claras de gol.

A Bolívia acabou selando sua vitória aos 18 minutos. No lance, Jorge Flores fez jogada espetacular pela esquerda e cruzou na medida para Marcelo Moreno, ex-Cruzeiro, Grêmio e Flamengo, dominar e chutar com força, sem chances para Romero.

Na próxima rodada, em 31 de agosto, a Argentina, ainda sem Messi, terá uma difícil visita a Montevidéu contra o Uruguai, enquanto a Bolívia viajará a Lima para enfrentar o Peru.

Fonte Folha de Pernambuco

Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), terça, março 28/2017

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga