» » » Contra a Reforma da Previdência, trabalhadores em educação entram em greve nesta quarta


Os trabalhadores em educação de Pernambuco vão aderir à greve a partir desta quarta-feira (15). A deflagração será feita durante a Assembleia Unificada, que será realizada, às 9h, na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, na área Central do Recife. 

A mobilização dos trabalhadores das redes municipal e estadual se posiciona contra a Reforma da Previdência e pelo cumprimento da Lei do Piso Salarial Nacional. O ato foi convocado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). 

Ao todo, 19 municípios do Interior e sete da Região Metropolitana do Recife devem aderir à greve. Na rede particular, até o momento, apenas o Colégio Salesiano confirmou adesão ao Dia de Paralisação Nacional Contra a Reforma da Previdência.

No dia 12 de janeiro, o Ministério da Educação reajustou o Piso Salarial Educacional em 7,64 %, que agora é de R$ 2.298,80 e precisa ser cumprido pelo governo do Estado e prefeituras. Já a Reforma da Previdência retira direitos dos trabalhadores, prejudicando em grande escala especificamente as educadoras. De forma unificada, o Sintepe em conjunto com os sindicatos da educação Sinproja, Sinpc, Sinpmol, Sinpremo, Simpere e Sinpro participará da Greve Nacional.

Fonte Folha de Pernambuco

Postado por Júnior Silva em Limoeiro (PE), terça, março 14/2017

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga