» » » Detenta que matou a mãe volta a se apresentar à Justiça após romper tornozeleira

Uso de tornozeleira eletrônica  Foto: Jonas Oliveira/AENPr      
Uma mulher que estava em liberdade condicional por matar a própria mãe e havia fugido após romper a tornozeleira eletrônica se apresentou à Justiça na tarde desta quarta-feira (4). A jovem de 25 anos estava foragida desde domingo (1º), quando fugiu de casa com sua filha. 

Segundo o promotor de Execuções Penais, Marcellus Ugiette, a detenta teria decidido fugir da casa após ter problemas com uma outra mulher que estava no local. A fuga da jovem foi denunciada pelo próprio companheiro dela, que levou a tornozeleira rompida. O equipamento foi, então, encaminhado para o Centro de Monitoramento da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres). 

"Desde o início achei estranho ela ter fugido. Agora que ela se apresentou, vamos ouvir o que ela tem a dizer sobre o caso", afirmou o promotor de Justiça. A jovem se entregou na ouvidoria da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos por volta das 15h desta quarta-feira. 

Por conta da fuga, a prisão domiciliar da detenta foi suspensa e ela volta para a Colônia Penal Feminina do Recife, localizada no bairro do Engenho do Meio - Zona Oeste da Capital. "Tem possibilidade de ter outras consequências para ela, mas primeiro vamos procurar saber o que a motivou", informou o promotor.



Postado por Júnior Silva em quinta, janeiro 05/2017 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga