» » Santa Cruz e Paysandu reivindicam participação na Copa Sul-Americana junto à CBF e Conmebol

O Tricolor teve o direito da vaga na 'Sula' 2017 adquirido ao levantar a taça da Copa do Nordeste deste ano   
O Santa Cruz não desistiu de disputar a Copa Sul-Americana 2017. Direito adquirido ao levantar a taça da Copa do Nordeste deste ano, a participação na competição continental foi posta em xeque desde que as vagas brasileiras para o torneio foram diminuídas de oito para seis, em reformulação imposta pela Conmebol há cerca de dois meses. O Paysandu, campeão da Copa Verde deste ano, e mais um prejudicado com a perda da vaga, também vai estar ao lado do Tricolor na luta pela manutenção do direito em disputar a Sula do ano que vem.

"O Santa Cruz está tomando as medidas legais cabíveis no que se refere à questão da vaga da Sul-americana. Temos um bom direito e iremos, junto às instâncias competentes, providenciar os recursos necessários para que nosso pleito seja reconhecido. Até a última instância, fazer valer o nosso direito e o regulamento, que previa o campeão do Nordeste dentro desta competição de cunho internacional. Iremos lutar", afirmou o diretor jurídico coral, Eduardo Lopes, em entrevista ao site oficial do clube.

Em nota, o Santa Cruz afirmou que "um ofício está sendo enviado à Confederação Brasileira de Futebol, que repassará as reivindicações corais à Conmebol". No caso, o Tricolor e o Paysandu serão representados pelo advogado Osvaldo Sestário. 

"Esse ofício, que será enviado à Conmebol, fala exatamente do direito adquirido dos clubes. Baseado nas leis brasileiras, no Estatuto do do Torcedor. Santa Cruz e Paysandu têm o direito adquirido. Se a Conmebol quiser aplicar isso a partir de 2018, tudo bem. Mas que seja mantido o direito adquirido dos clubes", destacou Sestário.


Fonte Diario de Pernambuco

Postado por Júnior Silva em sexta, dezembro 30/2016

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga