» » » » Proibição da vaquejada impulsiona manifestações em nove Estados

Tradicionais vaquejadas foram proibidas no Ceará   Foto: Abvaq/divulgação                                                       
A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que considerou inconstitucional lei que regulamenta as vaquejadas no Ceará -e que, na prática, as proíbe- deu início a uma onda de protestos pelo Nordeste. Nesta terça (11), manifestações em nove Estados e no Distrito Federal marcaram o Dia de Mobilização Nacional pela Vaquejada.

Considerada típica em cidades do interior do Nordeste, a vaquejada costuma movimentar cidades como Serrinha (BA), Caruaru (PE), Gravatá (PE) e Lagarto (SE), em eventos com shows que reúnem milhares de pessoas. A prática consiste numa corrida entre dois vaqueiros montados a cavalo que têm como objetivo perseguir e derrubar um boi puxando-o pela cauda numa pista de areia com 100 m de comprimento.

Segundo a Associação Brasileira de Vaquejadas, são realizados anualmente cerca de quatro mil eventos no país, sobretudo no Nordeste. Os prêmios para os vencedores chegam a R$ 300 mil. Na última quinta-feira (6), por 6 votos a 5, STF considerou inconstitucional a lei que regulamentava a atividade no Ceará argumentando que ela causa sofrimento aos animais. A decisão servirá de referência para leis semelhantes que existam em outros estados do país.

Fonte Folha de Pernambuco

Postado por Júnior Silva em quarta, outubro 12/2016

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga