» » » Brasil vence a Austrália nos pênaltis com defesas da pernambucana Bárbara

(Foto: Ricardo Stuckert/CBF)         
O Brasil espantou dois fantasmas nas quartas de final do futebol feminino dos Jogos Olímpicos e segue na busca pelo ouro inédito. No palco dos 7x1, o Mineirão, as mulheres brasileiras venceram a Austrália, adversária que as eliminaram na Copa do Mundo de 2015, nos pênaltis por 7x6, após o 0x0 no tempo normal e se classificaram para a semifinal. A craque Marta perdeu sua cobrança, mas a pernambucana Bárbara garantiu o triunfo com duas defesas.
A vaga na final será decidida na próxima terça-feira, às 13h, no Maracanã, contra a Suécia. As duas equipes se enfrentaram na fase de grupos e as comandadas do técnico Vadão golearam por 5x1.
As australianas tentaram surpreender no início do jogo com o abafa no campo de ataque, pressionando para sair logo na frente. Assustou um pouco, mas logo o Brasil foi acalmando e tomando as rédeas da partida. Mesmo sofrendo uma forte marcação e com o nervosismo da decisão, as melhores chances criadas foram das donas da casa. As duas principais com a atacante Debinha, que substitui a artilheira Cristiante. Na primeira, a goleira Williams espalmou para escanteio. Na sequência, após jogada individual, o arremate foi perigoso, porém, por cima da meta.
Na volta do intervalo, o confronto ficou ainda mais equilibrado, com oportunidades para as duas equipes. Até o apito final do segundo tempo, o torcedor teve de segurar o coração. A Austrália acertou um chute no travessão de Bárbara. O Brasil, por sua vez, obrigou a arqueira Williams a fazer uma grande defesa. E no último lance do tempo regulamentar, a zagueira Kennedy quase marca contra.

O 0x0 foi insistente, continuou durante toda a prorrogação. As brasileiras mostravam estar melhor fisicamente, contudo, sem saber utilizar essa vantagem. Com o placar zerado, a decisão foi para os pênaltis. A craque Marta perdeu a sua cobrança. Andressa Alves, Andressinha, Bia, Rafaelle, Debinha, Mônica e Tamires marcaram. Mas coube à goleira pernambucana Bárbara garantir a classificação ao defender as cobranças de Gorry e Kennedy para fechar a partida em 7x6.
Postado por Júnior Silva em sábado, agosto 13/2016

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga