» » » Gol no final tira vantagem tricolor na Copa do Brasil

Divulgação/Santa Cruz                 
Parecia que a vantagem estava assegurada. O Santa Cruz mantinha o placar de 1x0 até os últimos minutos na partida desta quarta-feira, diante do Vasco, no estádio São Januário, pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. O empate, no entanto, aconteceu, e diminuiu a vantagem para o segundo jogo, quarta-feira, no estádio do Arruda. Os gols do jogo foram marcados por Bruno Moraes e Luan.
O próximo encontro entre o Santa Cruz e o Vasco será quarta-feira, no estádio do Arruda. O placar de 0x0 garante os tricolores na próxima fase. Já a repetição do 1x1 leva a decisão para o pênaltis. Qualquer outro placar de empate é favorável aos cariocas.
Foi necessário apenas um minuto. Para ser mais exato: o primeiro ataque tricolor. Bola lançada para Bruno Moraes, que saiu cara a cara com Martín Silva e gol. Não houve tempo nem para o Vasco perceber que o Santa Cruz estava praticamente todo reserva para o confronto. E, inclusive, demorou para os Cruzmaltinos entrarem em campo.
Quando resolveu jogar, criou as melhores chances do primeiro tempo. O Santa Cruz teve seus 15 minutos de superioridade, mas logo preferiu uma postura mais precavida – afinal estava com três volantes em campo: Wellington Cezar, Marcílio e Derley. Em sequência dois lances onde o empate chegou a amedrontar a defesa coral.
O primeiro com Nenê, que recebeu na área e fez um lance incrível. O atacante vascaíno girou na frente de Tiago Cardoso e tocou por cobertura. O golaço foi impedido por Wellington Cézar, que salvou em cima da linha. Leandrão foi o responsável pelo segundo lance, após receber bom passe, fazer o pivô e chutar forte. Boa defesa do goleiro tricolor.
Na segunda etapa, as duas equipes voltaram buscando o gol. Mas poucas chances de perigo acabaram protagonizadas. Melhor para o Santa Cruz que foi colocando alguns atletas titulares na partida. Foram acionados Keno e João Paulo, nas vagas de Leandrinho e Lelê, respectivamente.
As opções de Milton Mendes claramente organizou a equipe para jogar buscando o contra-ataque. Até porque Keno seria o responsável pela velocidade e João Paulo buscaria os passes em profundidade.
O Vasco, no entanto, deu poucas brechas, apesar da insistente busca pelo empate. Até que foi premiado aos 43 minutos do segundo tempo. Após cruzamento na área, Thalles cabeceia e Tiago Cardoso fez excelente defesa. A bola sobrou e Luan desviou. Gol e empate. Agora a decisão ficará para o estádio do Arruda.

FICHA DE JOGO

VASCO
Martin Silva; Madson (Yago Pikachu), Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Henrique (Caio Monteiro), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão. Técnico: Jorginho

SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Vitor, Néris, Wellington e Tiago Costa; Wellington Cezar (Uillian Correia), Marcílio, Derley e Leandrinho (Keno); Lelê (João Paulo) e Bruno Moraes. Técnico: Milton Mendes

Local: Estádio de São Januário (Rio de Janeiro)
Horário: 21h45. 
Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA). 
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Luiz Antonio Barbosa (ambos de MG). 
Gols: Bruno Moraes (ao 1 do 1ºT); Luan (aos 43 do 2ºT)
Cartões amarelos: Madson, Jorge Henrique, Julio Cesar (Vasco); Derley, Tiago Costa (Santa Cruz)
Público e renda: Não divulgados
Postado por Júnior Silva em quinta, julho 14/2016

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga