» »Unlabelled » Secretaria de Educação promove a formação continuada para os professores


Limoeiro vem recebendo diversos destaques na área da educação, por isso, para manter esse bom desempenho a gestão municipal através da secretaria de Educação está promovendo para todos os professores da rede municipal de ensino a Formação Continuada 2016. O encontro está sendo realizado no auditório da AESL – Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro, e que nesta edição traz o tema baseado na adaptação do texto da educadora Emília Ferreiro: “Por trás da mão que pega o lápis, dos olhos que olham, dos ouvidos que escutam, há uma criança, um jovem e um adulto que pensa”.

A programação iniciou no dia 22 de fevereiro, que será realizado nos contra-turnos (manhã e tarde) e ainda seguirá nos dias 25 e 26 no auditório da AESL. Já nos dias 23, 24 e 29 a capacitação irá ocorrer no recinto das respectivas escolas municipais. Durante a capacitação foram convidados ilustres palestrantes que irão nortear os professores com diversos assuntos: Base Nacional Curricular Comum (Palestrante Regina Celi), A importância da educação no trânsito do espaço pedagógico (Palestrante Dr. Jean Rockfeller) e Oficinas e dinâmicas de Grupo (Palestrante Adriane Carvalho).

Para a professora Gerliane Bezerra, lotada na escola municipal Santa Lúcia falou sobre a importância desses encontros que antecedem as aulas. “É uma motivação para os professores. Nos traz conhecimentos, pessoas novas que tem uma bagagem de conhecimento que transmite um pouquinho de suas vivências para que possamos levar também para a sala de aula, em nosso dia a dia. E para nós é muito satisfatório ver que esses resultados alcançados pelo município é fruto do nosso trabalho em sala de aula. Saber que nossa labuta diária que nós temos está trazendo frutos e bons frutos”, disse Gerliane.

Já para a professora Joana Karine que leciona nas escolas Luís Sátiro e Castelo Branco, falou sobre o peso e responsabilidade da palavra: professor. “Nós da educação básica estamos no processo de formação do indivíduo, então essa palavra faz parte da construção do cidadão, em vista que, não queremos formar robores, estamos realmente preocupados numa formação que possam ser pessoas ativas na sociedade de forma significativa”, ressaltou a professora.




Postado por culturalfm96.com em segunda, fevereiro 22/2016 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga