» »Unlabelled » FAFICA_MESA-REDONDA COM PAULO RUBEM E DOUGLAS CINTRA

     FOTO: CLAUDIO RODRIGUES

Um evento de alto nível marcou o fim das atividades da décima quarta edição do Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (EEPE) da Fafica, na última sexta-feira, 13 de novembro. Durante uma semana, a Instituição promoveu uma série de mostras, minicursos, grupos de trabalho, exposições e apresentações culturais. No último dia, o auditório lotou para a mesa-redonda com o presidente da Fundação Joaquim Nabuco, Paulo Rubem Santiago, e com o senador pelo PTB/PE, Douglas Cintra. O tema foi “Política, Ética e Desenvolvimento Social no Brasil”.

Em seu discurso, Douglas Cintra citou seu trabalho como relator da Comissão de Educação, Cultura e Esporte no Senado e sobre a votação do Plano Plurianual 2016-2019 da qual participou. Ele informou que foi definida a incorporação da proposta de universalização da Educação Infantil na pré-escola para crianças de 4 a 5 anos no Plano, de acordo com uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). “Se enxergarmos a Educação como um filme, veremos que esta área está, atualmente, bem melhor do que já foi há alguns anos. Os países que querem se desenvolver precisam investir urgentemente em Educação”, frisou o senador em sua fala.

Em seguida, Paulo Rubem Santiago falou sobre os males que a corrupção e a sonegação fiscal provocam ao desenvolvimento do Brasil. “São crimes que andam de mãos dadas, mas não são eternos, não devem prosperar, não podem se impor à maioria da vontade da sociedade que é de sociedade justa, desenvolvida, com igualdade de oportunidades”, ressaltou. Sobre o contexto atual do país, o presidente da Fundação Joaquim Nabuco foi enfático: “A corrupção não é um desvio moral da conduta do indivíduo, é a expressão do crime organizado, da formação de quadrilha para a privatização do patrimônio público. É preciso haver uma clareza quanto ao diagnóstico dessa crise. Se o diagnóstico é falho, as soluções também falharão”.

O professor Adilson Filho, coordenador do EEPE, destacou a importância da participação dos convidados para mais este evento da Instituição e comemorou os resultados desta edição. “Tivemos mais de 700 pessoas participando dos grupos de trabalho, dos minicursos e apresentação de banners. Foi um sucesso, visto que vivenciamos uma crise econômica no país. O evento prova que a Fafica é uma instituição singular e especial no contexto regional e a presença de dois importantes nomes como Paulo Rubem Santiago e Douglas Cintra num debate sobre questões tão pertinentes em nossa sociedade engrandecem ainda mais nosso evento”.

Postado por culturalfm96.com em segunda, novembro 16/2015 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga