» »Unlabelled » Governo Participativo atende condomínios na Lagoa Azul

Aconteceu na noite do dia 23 de Julho, mais uma reunião Governo Participativo, dessa vez, nos condomínios Padre Luíz Cecchin e José Humberto de Moura Cavalcanti. Os moradores receberam explicações sobre a importância da participação popular na administração municipal e foi esclarecido dúvidas e aberto para reivindicações da comunidade.

De acordo com a representante dos moradores, Dona Branca, os principais anseios da comunidade é a melhoria do abastecimento de água, iluminação pública e entrega de correspondência. “A nossa maior dificuldade é o abastecimento de água, temos que comprar água em carros pipa para abastecer o condomínio. Pedimos ao prefeito que faça uma revisão nos postes que ficam nas ruas próximas aos prédios, que regularize a situação das correspondências junto aos Correios, e se possível, construir uma coberta na nossa quadra para que possamos utilizar como salão de festa e, em alguns casos, para velar o corpo de um familiar”, disse Branca.

De acordo com o gestor municipal, Thiago Cavalcanti, era aguardada a presença dos representantes da Caixa Econômica Federal, Compesa e Celpe onde, juntos com a Prefeitura, pudesse resolver vários problemas da localidade. “A presença desses órgãos seria de grande importância em uma reunião como essa, pois a maioria dos problemas é de obrigação das empreiteiras que não concluíram as obras, contudo eles não compareceram, mas estamos cumprindo a nossa parte. Protocolamos um ofício ao CPRH - Companhia Pernambucana de Recursos Hídricos, solicitando a conclusão das obras que não foram finalizadas. Gostaria de agradecer ao 6º CIPM, na pessoa do Capitão Marcondes que atendeu ao nosso pedido e veio ouvir as reivindicações dos moradores aqui conosco”, falou Thiago.

Para solucionar os problemas foi sugerida a criação de uma comissão com moradores dos condomínios e representantes do governo municipal para juntos traçarem soluções para os principais problemas. Na pauta dessa comissão estará a visita aos órgãos competentes e a exigência da conclusão das obras. “Tentaremos também firmar parcerias com a iniciativa privada para amenizar os problemas aqui encontrados, como por exemplo, a colocação de braços de luz nos postes. Infelizmente, não é de competência da gestão a resolução desses problemas, mas não deixaremos a população sem uma resposta. Quanto aos Correios, fomos procurados pelo IBGE para mapear o município e em meados de setembro o relatório será finalizado com a nominação e a enumeração das ruas e casas do condomínio”, informou o prefeito.

O programa Governo Participativo irá continuar contemplando as diversas outras comunidades e bairros do município. Segundo o chefe do executivo municipal, esse é o momento de fazer um diagnóstico das necessidades e dos problemas dos bairros e comunidades e dar vez e voz à população para que ela se expresse. “É importante ressaltar a participação de todos que estiverem nessas reuniões, com a interação entre comunidade e gestão saberemos as dificuldades e tentaremos atender as prioridades. Construir um governo com a participação e a união do povo é o nosso dever de um Limoeiro cada vez melhor”, finalizou o prefeito.



Postado por culturalfm96.com ás sexta, julho 24/15

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga