» » Manoel do Sindicato confirma saída do grupo governista


O provável se confirmou na política de Limoeiro. O vereador Manoel do Sindicato (PSDB) confirmou na tarde desta quarta (13), em entrevista a reportagem da Cultural FM, que deixou a bancada de situação e, consequentemente, não faz mais parte do grupo político do prefeito de Limoeiro, Ricardo Teobaldo (PTB). 

O sindicalista negou problemas pessoais com o gestor, confirmando que sua saída se deu apenas por insatisfação com a atual gestão. "Foi uma decisão pensada, pois não estava satisfeito com a gestão, as minhas reivindicações não estavam sendo atendidas, então achei interessante deixar o grupo, porque achei que Manoel não estava sendo interessante para o grupo de Ricardo", enfatizou o vereador.

Na última sexta (08), o sindicalista participou de evento político do PSB (Diretório Limoeiro), coordenador pelo ex-vereador Joãozinho (PSB). Na ocasião, o prefeito de Timbaúba, Marinaldo Rosendo (PSB), foi apresentado como pré-candidato a deputado federal pela sigla socialista. A presença de Manoel não foi apenas um prestígio, mas uma afirmativa de apoio. "Estou apoiando Marinaldo como também Joãozinho", afirmou o tucano.

Segundo Manoel, a falta de atenção da prefeitura de Limoeiro com as estradas rurais foi ponto decisivo para sua saída da base governista. "Sempre critiquei a falta de máquinas nas estradas. A zona rural ficou ao Deus dará e Manoel cansou de levar chicotada no pára-choque", disparou. Ele ainda revelou que não procurou o prefeito para uma melhora no relacionamento.

Indagado se temia cortes em ações e benefícios que poderiam ser direcionadas a ele, Manoel do Sindicato foi breve: "Vou continuar fazendo meu papel na Câmara que é reivindicar, vou cobrar, cabe o prefeito realizar ou não, já não estava sendo atendido mesmo". Ainda de acordo com o vereador, seu apoio ao pré-candidato Marinaldo Rosendo foi fechado, exclusivamente, devido a sua ligação com o ex-vereador Joãozinho. 

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga