» » Ex-prefeito de Machados fala sobre aprovação das contas


O ex-prefeito de Machados, Manoel Plácido (Cido - PTB), fugiu da degola política e da lista dos "fichas sujas" com a aprovação de suas prestações de contas referentes as exercícios 2008 e 2009. As contas foram votadas na noite da última terça (12), durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Machados, que contou com um público acima do comumente registrado. 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia indicado pela rejeição, com isso Cido precisava de dois terços dos votos dos vereadores, ou seja, 06 de um total de 09 parlamentares. E foi exatamente isso o que aconteceu. Com 06 votos favoráveis e 03 em branco, o petebista conseguiu a aprovação e, consequentemente, manteve os direitos políticos para disputar futuras eleições.

Votaram pela aprovação: Ivo Cavalcante, Luciano da Funerária, Ivan do Sindicato, Chú Militão, Antônio de Paizinha e Tequinha. Já os vereadores Neto Baier, Rogério e Silvio Borba votaram em branco. O voto mais curioso e de maior repercussão foi o do vereador Luciano, que declarou seu posicionamento favorável durante discurso. Luciano foi eleito pelo grupo governista, mas recentemente deixou a base. 

Durante participação no Programa Jornal do Meio Dia na Cultural FM, Cido justificou que as contas haviam sido direcionadas para rejeição, mas sua defesa havia sido apresentada. Ele disse que as doações feitas às famílias carentes do município seguiram uma lei municipal que havia sido aprovada pelo Legislativo em 2007, assim não se caracterizando crime político. 

Em relação a outro ponto abordado na análise dos conselheiros do TCE, o recolhimento do INSS, o ex-prefeito revelou que diante de crise enfrentada em sua gestão, optou em pagar os salários dos servidores municipais naquela ocasião, assegurando que meses depois efetuou negociação da dívida. Cido Plácido ainda disse que nos anos seguintes as prestações foram aprovadas - o que segundo ele, prova ainda mais que não houve desvio de recursos. 

Indagado se seria candidato a deputado estadual nas eleições do próximo ano, Cido afirmou que não. "Vou apoiar Maviael Cavalcanti para deputado estadual e Marinaldo Rosendo para federal", adiantou. Durante a entrevista Cido voltou a criticar a atual gestão do prefeito Argemiro Pimentel (PT), deixando transparecer que pretende disputar a prefeitura em 2016.

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga