» » Galpão com Mané Gostoso conquista prêmio nacional


Dois limoeirenses estão de malas prontas para o Distrito Federal no dia 17 de outubro. Um deles é o produtor cultural Fábio André, diretor do Pontinho de Cultura Galpão das Artes. O outro, um boneco. Isso mesmo! Um boneco. Estamos falando do Mané Gostoso. O brinquedo, que se tornou fonte de pesquisas para os membros do espaço cultural, permitiu que o Galpão das Artes conquistasse o prêmio Rodrigo Melo Franco, do IPHAN|Minc, pela pesquisa intitulada Mané Gostoso – E o Vai e Vem do Lúdico. A premiação será na Biblioteca Nacional, em Brasília.

Há quatro anos, o “Mané” caiu na graça, na pauta e na programação de diversos eventos culturais e escolares. E o que no começo era apenas uma pesquisa, foi transformado em espetáculo, hoje, proporcionando sorrisos a diferentes gerações. Criado pelo artesão limoeirense Jorge Raimundo, o boneco tem viajado o País com as gostosas e divertidas contações de histórias. O livro infantil Mané Gostoso, da escritora Elita Ferreira, também contribuiu para que o espetáculo ganhasse novas formas e adaptações, sem faltar, claro, o improviso.

No elenco estão as pratas da casa: Charlon Cabral, Jadenilson Gomes e Tarcísio Queiroz, além dos músicos-atores João Pedro e Rodolfo Souza.  O simples bonequinho de madeira e extrema habilidade no trapézio ladeado da sua história abocanhou premiações de destaque em território nacional, chegando a semifinal do Prêmio Itaú-Unicef. Recentemente, dentro do Prêmio Conselho do Direito da Criança e Adolescente de Pernambuco, ligado ao Conselho Estadual de Direito, o espetáculo da contação de história percorreu diversas comunidades de Limoeiro com teatro, filmes e debates.

Imagem | Assessoria Galpão das Artes

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga