» » Filiação Teobaldo ao PTB pode atrapalhar Distrito Industrial


A filiação do prefeito de Limoeiro, Ricardo Teobaldo, ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) parece não ter agradado ao governador Eduardo Campos (PSB). No ato de filiação, Teobaldo deixou transparente a sua preferência pela candidatura do senador Armando Monteiro Neto, presidente estadual do PTB, ao governo do Estado, contrariando o projeto do governador que é indicar um nome socialista para o pleito.

Mas até que ponto essa filiação do prefeito de Limoeiro ao PTB pode refletir no município? Essa, no momento, é a pergunta que não quer calar. Porém, as primeiras informações são de que o Governo do Estado poderá começar a travar os recursos destinados à Limoeiro na gestão de Ricardo. 

E o primeiro alvo seria o tão aguardado distrito industrial. Nos bastidores políticos é certo que os recursos destinados a compra do terreno e a preparação dele para implantação de indústrias não mais acontecerão. O fato curioso é que o pagamento das primeiras parcelas da compra do terreno foram efetuados, mas a ADDIPER (Agência de Desenvolvimento Econômico de PE) analisa a possibilidade de distrato, colocando uma "pausa" no fomento do distrito.

A grande surpresa da cidade é que o distrato veio ser sinalizado alguns dias depois da filiação de Teobaldo ao PTB, o que gera ainda mais comentários políticos. A área escolhida para implantação do distrito fica as margens direita da PE-50, no sentido Limoeiro – Feira Nova. A área também estava sendo vista com bons olhos por empresas de outros estados, haja vista a rodovia ligar diretamente Limoeiro à rodovia BR 232.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Márcio Stefanely, o pagamento de R$ 2,5 milhões já efetuados pela compra do terreno, garante uma área suficiente que dará para suportar 04 empresas que assinaram intenção de instalação no futuro distrito industrial de Limoeiro. "Se aparecer novas indústrias vamos adquirindo novas áreas na cidade", disse o secretário. "Não podemos comprar uma área e deixá-la ociosa, possibilitando invasões", completou.

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga